sábado, janeiro 13, 2018

Bolo Rainha Vegano


A única diferença do Bolo Rei para o Rainha é que um leva fruta cristalizada e o outro não. Eu... gosto dos dois mas... prefiro o Rainha simplesmente porque acho as frutas cristalizadas muito doces.

3 Cháv. Farinha de Espelta (1050 do Aldi)
100g Açucar Amarelo
1 pitada de Sal
1 c.(sopa) Canela
1 Tablete Fermento Fresco para pão (25g)
1/2 Cháv. Bebida de Soja
5 c.(sopa) Azeite
1 Laranja (sumo e raspa)

Frutos Secos a gosto... usei... Nozes, Amêndoa, Sementes de Girassol, Sultanas, Corintos
Vinho do Porto (suficiente para molhar frutos mas...sem exagero)

Agave (para pincelar)
Coco Ralado e Frutos Secos (para decoração)

Desfiz o fermento na bebida de soja morna e reservei. (Vai espumar e começar a fermentar)

Triturei grosseiramente as nozes e as amêndoas. Coloquei os frutos secos todos numa taça e reguei com Vinho do Porto. Reservei.

Numa tigela misturei a farinha, o açucar, a canela, o sal e a raspa de laranja. Misturei.

Abri uma cova no meio da farinha e adicionei o azeite e o sumo da laranja.

Comecei a unir tudo com as mãos, adicionando aos poucos a bebida de soja com o fermento e amassei até formar uma bola de massa elástica que já não agarrava nas mãos. (Se necessário adicionamos farinha em pequenas quantidades até o conseguir)

Deixei a massa na tigela, tapei com um pano e deixei a levedar cerca de 30 a 40m. 

Depois desse tempo a levedar juntei os frutos secos e amassei delicadamente para os incorporar.

Forrei um tabuleiro com papel vegetal, polvilhei farinha, deitei a massa e com as mãos abri uma cavidade no centro formando uma coroa. Coloquei um frasco de vidro no centro. Tapei com um pano e deixei levedar novamente mais 30 a 40m.

Depois de massa ter voltado a crescer um pouco, retirei o frasco, pincelei com bebida de soja e decorei com frutos secos e coco ralado. 

Levei ao forno a 180º, até espetar palito e sair limpo e seco. Ainda antes de tirar do forno pincelei agave.

Notas: O tempo que a massa demora a levedar muitas vezes varia consoante a temperatura da casa, mas vale a pena esperarem o tempo suficiente para que aumente quase para o dobro do tamanho. Para acelerar o processo o que fiz... Liguei forno no minimo uns minutos até aquecer, deliguei e coloquei a tigela com a massa dentro do forno, tapada à mesma com um pano. Depois na 2ª levedura fiz o mesmo, voltei a aquecer forno uns minutos, coloquei o tabuleiro onde ía cozer dentro do forno (desligado), até massa crescer de novo um pouco.

terça-feira, janeiro 09, 2018

Folhado de Couve, Cogumelos e Batata

Neste tipo de receita é-me muito dificil indicar quantidades exactas. Como explicar quantidade de folhas de couve se o tamanho varia?? 😂

Eu faço tudo a olho, visualizo por exemplo uma forma tipo bolo inglês e vejo mais ou menos a quantidade de couves para a encher, não completamente, é claro porque ainda vai levar cogumelos. Quando sobra, não stresso, come-se à mesma.

Folhas de Couve (cortadas em pedaços pequeninos)
Batatas (cortadas em rodelas)
Cogumelos (usei os brancos)
4 Dentes de Alho (picados, fatiados, como preferirem)
1 Folha de Louro
Pimentão Doce
Pimenta Preta
Ervas de Provence
Azeite
Shoyu (a gosto, usei umas 3, 4 c.sopa)
1 Rolo de Massa Folhada (usei a rectangular do Lidl)
Água + 1 Pitada de Curcuma (para pincelar)

Cozi as couves já cortadas em água e sal. Quando cozidas retirei-as para um escorredor e na mesma água cozi as rodelas de batata (cuidado para não cozerem demais e desfazerem).

Numa frigideira bem grande (28cm) coloquei o alho, o louro, ervas de provence e azeite. 

Assim que aqueceu adicionei os cogumelos, 1/2 concha de água a ferver das batatas, shoyu, pimentão doce e pimenta preta. Mexi por 2, 3 minutos e adicionei as couves. Misturei tudo bem e provei para corrigir sal e temperos. (Cuidado que shoyu já é salgado e ervas secas também intensificam o salgado)

Na massa folhada dispus as rodelas de batata, deixando uma berma para depois fechar.
O Recheio, coloquei-o dentro de uma forma tipo bolo inglês, acalquei um pouco e depois virei sobre as batatas (achei que era mais fácil assim).

Cobri tudo com a massa. Pincelei com água + 1 pitada de curcuma (pode ser shoyu, ou até azeite+shoyu).

Levei ao forno a 180º. Esteve uns 15m com gás ligado por baixo mas como estava a demorar muito liguei a resistência de cima e foi mais rápido (cuidado porque queima rápido, é preciso estar de olho).

E pronto! Deixei arrefecer um pouco, transferi para um prato rectanguar e servi.

Notas: A massa folhada... comprei a rectangular do Lidl e pensei que fosse maior do que é. 😂 Resultado... tive que andar com alguns remendos para conseguir tapar todo o recheio que tinha. Safei-me mas... tenham isso em conta ao fazer a largura e a altura do recheio ou... comprem 2 rolos de massa pelo sim pelo não. 😂

Fiz só uma camada de batatas mas não se perdia nada se tivesse feito duas. Gostei do sabor e na foto nem se vê lá muito bem.

Se acharem que o salteado tem muito molho coloquem no escorredor um pouco.

Era para adicionar sementes de sésamo antes de ir ao forno (porque só assim agarram) mas como tive receio que queimassem e ficassem amargas desisti da ideia. Ainda tentei colocar fora do forno mas...já não agarravam.