domingo, novembro 15, 2020

Rissóis Veganos (Sabor a Mar)

Este é mais um recheio para rissóis que faz lembrar os rissóis de peixe.
Usei...

2 Talos de Alho Francês pequenos
1 Courgete Média
1 Cebola
3 Dentes de Alho
1 Folha de Louro
Azeite
Pimentão Doce
Pimenta Preta
1 c.(sopa) Algas Desidratadas

3 c.(sopa) Farinha de Trigo
3 c.(sopa) Manteiga Vegetal
Bebida de Soja
Noz Moscada
Sal

Cortei o alho francês bem miúdinho e ralei a courgete.
Fervi um pouco de água e deitei as algas. Reservei.

Num tacho refoguei a cebola e o alho em azeite com a folha de louro.

Adicionei o alho francês, um pouco de pimentão doce, pimenta preta, noz moscada e sal.

Deixei o alho amolecer um pouco, se necessário para não queimar adiciono pequenas quantidades da água das algas. Adicionei a courgete ralada, envolvi tudo e deixei cozinhar até perder a água que foi soltando.

O BÉCHAMEL
Num tacho coloquei a manteiga vegetal e a farinha.
Mexi em lume baixo com um batedor de varas até formar um creme amarelo.
Adicionei 1 copo de bebida de soja e envolvi tudo. Fui adicionando mais bebida de soja aos poucos até obter uma qantidade que desse para envolver o alho francês e a courgete. (Não deve ficar um béchamel nem muito liquido nem muito espesso). Temperei com sal, pimenta preta e noz moscada.

Envolvi no preparado do tacho, e provei para acertar temperos.

A MASSA DOS RISSÓIS
2 Cháv. Água
4 c.(sopa) Azeite
1 Casca de Limão
Sal
3 Cháv de Farinha de Trigo sem Fermento

Fervi a água com a casca do limão, o sal e o azeite.

Deitei a farinha toda de uma vez e mexi até começar a soltar-se do tacho.

Deixei arrefecer um pouco e assim que consegui agarrar sem me queimar amassei numa superficie com farinha até formar uma bola de massa uniforme e lisinha.

Com um rolo abri pequenas porções de massa, coloquei uma colherada de massa, cobri e cortei com um cortante redondo.


Passei os rissóis por água com amido de milho dissolvido e por pão ralado.

Notas: Esta massa fez 3 dúzias e 3 rissóis.

Pão Doce de Castanhas e Nozes


Aproveitando a época das castanhas aqui fica mais uma receitinha inventada, ótima para acompanhar o cházinho naqueles dias em que nos apetece enroscar no sofá e ver a temporada inteira de uma boa série.

Castanhas Cozidas em Água, Sal e Erva Doce
3 Cháv. de Farinha
1 Pitada de Sal
1 Saqueta de Fermento Seco para Pão
(7 a 11g)
1 c.(chá) Erva Doce Moída
1 c.(sopa) Canela
1 Cháv. Açucar (Branco ou Amarelo, ou outro)
4 c.(sopa) Óleo Vegetal ou Azeite
Bebida de Soja (ou outra vegetal)
Nozes  (opcional)
Coco para Decorar (opcional)

Num copo alto desfiz o fermento num pouco de bebida de soja, tapei com um pano e coloquei perto do fogão enquanto cozia as castanhas.

Numa tigela misturei a farinha, 1/2 Cháv. Açucar, a Canela, a Erva Doce e a Pitada de Sal.

Juntei o óleo, a bebida de soja com o fermento e mais bebida de soja, aos poucos, até conseguir formar uma bola de massa que dava para amassar sem agarrar muito às mãos.

Coloquei a bola de massa dentro da tigela, tapei com um pano e guardei junto ao fogão para levedar e dobrar o tamanho.

O PURÉ DE CASTANHA
Descasquei as castanhas ainda quentes e triturei-as no processador adicionando um pouco da água da cozedura para facilitar.

Deitei o puré num tacho, juntei o açucar e adicionei um pouco de bebida de soja para ficar mais cremoso. Adicionei as nozes trituradas grosseiramente.

Dividi a massa em duas partes. Abri com um rolo e barrei com o creme de castanhas e nozes.

Enrolei, ajeitei as extremidades de modo a fechar bem e coloquei de novo dentro do forno pré-aquecido para voltar a levedar.

Pincelei os rolos com bebida vegetal e assei os primeiros 10m com forno no mínimo e depois aumentei para os 160º.

Notas: Assa muito rápido, convém espetar palito assim que fica sequinho por fora para ver se está bom.
No lugar das nozes podem usar passas ou outros frutos secos, no lugar do coco podem decorar com açucar em pó. Para o coco agarrar picelem agave ou bebida de soja assim que saí do forno e polvilhem de seguida.
Para levedar, massa precisa estar num lugar com calor, quando não estou a cozinhar, aqueço forno no mínimo, desligo e guardo massa lá dentro. Quanto mais tempo levedar maior fica, e mais fofinho.

domingo, novembro 08, 2020

Bolo Rainha de São Martinho



Bolo Rei ou Rainha nós fazemos com aquilo que quisermos, a base é sempre a mesma, e este saíu com as rainhas da época...as nossas castanhinhas, quentes e boas quentinhas.

Vale a pena cada minuto de espera...

3 Cháv. Farinha de Trigo com Fermento
1/2 Cháv. Açucar (usei branco mas pode ser qualquer outro)
1 pitada de Sal
1 c.(sopa) Canela
Fermento Granulado para pão (7 a 11g)
1/2 Cháv. Água da Cozedura das Castanhas (ou Bebida de Soja ou outra)
6 c.(sopa) Azeite
1 Cálice de Abafado (ou vinho do Porto)
Castanhas Cozidas em Pedaços
(cozi com sal e erva doce)
Nozes em Pedaços
Coco para Decorar
(opcional)
Agave (para pincelar, opcional, bebida de soja ou outra também serve)

Num copo alto deitei um pouco de água morna, 1 c. chá de açucar e o fermento. Tapei e reservei num local quente para o fermento ativar.

Numa tigela coloquei a farinha, o açucar, a pitada de sal e a canela. Misturei.

Deitei o azeite, o abafado, e o fermento do copo. Comecei a envolver e aos poucos fui deitando a água da cozedura das castanhas até conseguir formar uma bola de massa que dê para amassar um pouco sobre uma superficie enfarinhada.

Coloquei a bola de massa de novo na tigela, cobri com um pano. Aqueci o forno no mínimo, por 4, 5 minutos, desliguei, e guardei a tigela dentro do forno, tapada. Deixei levedar por 30 minutos.

À massa juntei os pedaços de nozes e castanhas e amassei mais um pouco delicadamente.

Sobre um tabuleiro forrado com papel vegetal coloquei a massa formando um circulo.

No buraco coloquei um frasco. Tapei de novo com um pano, voltei a aquecer o forno no mínimo e guardei o tabuleiro com a massa lá dentro até levedar novamente. (O tempo varia consoante a temperatura da casa, a humidade, etc, pelo que deixo estar até estar num tamanho que já me agrada, aconselho pelo menos 1h.

Quando levedado pincelei um pouco de agave, decorei com mais alguns pedaçinhos de nozes e castanhas e levei ao forno.

Nos primeiros 10m deixei a temperatura no mínimo, depois aumentei para 160º.

Quando espetei o palito e não estava mais molhado, liguei resistência de cima para corar um pouco (porque meu forno só cora assim).

Fora do forno pincelei mais um pouco de agave e polvilhei coco ralado.

Nota: Podem não precisar usar a 1/2 cháv. da água da cozedura toda ou podem precisar de mais um pouco, depende da farinha. Devem conseguir formar uma bola de massa nem muito seca nem muito pegajosa às mãos, esse é o ponto certo.

domingo, outubro 04, 2020

Bombinha de Chocolate



1 Tablete de Chocolate
(Usei 74% Cacau)
1 Lata de Leite de Coco (400ml)
1 Litro de Bebida Vegetal (Usei de Amêndoa)
1 Pacote de Bolachas Maria (sem leite)
1 c.(sopa) Agar Agar em Pó (2c. se for em flocos)
4 c.(sopa) Amido de Milho
1 Cháv. Açucar

BASE
Num tacho coloquei 200ml de leite de Coco, 1/2 Tablete de Chocolate e 1/2 Cháv. Açucar.
Em 1/2 Chávena de Água diluí 2c. sopa de amido de milho.

Levei o leite ao lume sem parar de mexer até derreter o chocolate.
Adicionei a água com o amido e mexi até engrossar.

Deixei arrefecer um pouco.

Entretanto parti a bolacha para uma tigela.
Adicionei o chocolate e envolvi bem as bolachas como se estivesse a fazer salame.

Forrei o fundo de uma forma com aro com papel vegetal.
Deitei a bolacha com o chocolate e acalquei com as costas de uma colher.

CREME DE CHOCOLATE
Reservei 1 cháv. (mal cheia) de bebida de amêndoa, onde dissolvi 2 c.sopa de amido de milho e 1c. sopa de agar agar.

Numa panela deitei a bebida de amêndoa restante, a outra metade do chocolate e 1/2 Cháv. de Açucar.

Quando dissolvido, adicionei a cháv. com o amido e o agar agar.

Mexi até ferver 4 a 5 minutos. (Atenção que liquido vai subir, devem baixar o lume e continuar a mexer até ferver o tempo necessário para ativar o agar agar)

Deitei o liquido na forma sobre a camada de bolacha e chocolate e guardei no frigorifico até solidificar.

Decorei com amendoim torrado sobre uma frigideira e triturado.

NOTAS: Como decoração podem usar bolacha triturada, farripas de chocolate, coco ralado, o que tiverem à mão.