sábado, abril 08, 2017

Bolinhos de Limão, Gengibre e Canela

Adoro este tipo de bolinhos. Só o cheirinho que nos deixa em casa já faz valer a pena.

500g Farinha com fermento
200g Açucar
2 c.(chá) canela
Raspa de 1 Limão bem grande (ou de 2 pequenos)
1 c.(sopa) Fermento
1 Pitada Sal

1 dl Azeite
2,5 dl Bebida de Soja (ou outra)
3 c.(sopa) Margarina Vegetal (derretida)
2 Pedaços de Gengibre

Numa tigela misturei bem a farinha, o açucar, a canela, a raspa de limão, o fermento e o sal.

Num tacho levei ao lume a bebida de soja, o azeite, a margarina e o gengibre.

Quando começou a ferver apaguei o lume e deixei o gengibre libertar o seu aroma, durante uns 5 minutos.

Retirei o gengibre, abri um buraco no centro da farinha, deitei o liquido e misturei tudo até ter que amassar com as mãos para incorporar bem a farinha numa massa uniforme. (Pode parecer dificil no início mas é só insistir porque dá certo.)

Moldei pequenas bolas que pincelei com bebida de soja e assei em forno pré-aquecido e a 180º por cerca de 15 a 20m (depende do forno e do tamanho das bolas, é bom testar com menos quantidade no início).

Quando provei os primeiros, tive receio que estivessem muito secos mas depois de frios ficaram fofinhos por dentro, apesar de terem uma capa mais crocante por fora provocada pela bebida de soja.


Notas: Se preferirem em vez de ferver o gengibre com os liquidos podem amassar pedaços de gengibre com o esmagador de alhos e aproveitar o sumo como aromatizante. Sente-se mais o sabor do gengibre assim.

Favamelos com Millet

Quando se fala em favas, à ideia vêm logo as tradicionais favas guisadas com chouriço, mas... parece-me a mim que elas podem ser bem mais versáteis, e vou-me debruçar sériamente sobre o assunto...

Hoje tinha cogumelos pleurotus para aproveitar e foi isto que saiu...

Cogumelos Pleurotus
Cogumelo Portobello (dos grandes)
1 Embalagem de Favas Congeladas (400g)
1 Cháv. de Millet
1 Cenoura grande em cubinhos
1 Cebola pequena picada
2 Dentes de Alho picados
1 Folha Louro
Azeite
3 c.(sopa) Polpa de Tomate
1/2 c.(café) Curcuma
Pimenta Preta
Salsa Desidratada
1/2 Malagueta pequena e seca (opcional)
Salsa Fresca

Num tacho, levei ao lume, a cebola, o alho, o louro e o azeite. 

Assim que aqueceu bem e cebola começou a amolecer, adicionei a polpa de tomate e envolvi bem.

De seguida juntei as favas, a cenoura, os cogumelos e cobri com água quente.

Temperei com sal, salsa desidratada, pimenta preta (cuidado porque já tem a malagueta também) e curcuma.

Deixei ferver uns 5 minutos e juntei o millet.

Adicionei mais água quando necessário para não deixar secar muito e quando millet estava quase cozido, provei para corrigir temperos, se necessário, e apaguei o lume. 

Adicionei salsa fresca, deixei apurar um pouco, e entretanto, o millet acabou de cozer.
Notas: O ideal é ser servido enquanto tem molho. 

Se ficar muito tempo no tacho ainda quente, o millet absorve o liquido como o arroz. 

Por isso convém desligar o lume antes dele cozer completamente.